Home - Utilidades - O que fazer?! - Asfixia e Sufocação
 

Asfixia e Sufocação


     Asfixia ou sufocação é a dificuldade respiratória que leva à falta de oxigénio no organismo. Normalmente tal acontece, quando obstruímos as vias aéreas com corpos estranhos (objectos com constituições diferentes – tamanho, textura, etc).
     Outras causas para a obstrução das vias respiratórias são: a ingestão de bebidas ferventes ou corrosivas, pesos em cima do peito ou costas, intoxicações diversas e paragem dos músculos respiratórios.

 

Sinais e Sintomas:
     Os sinais e sintomas de uma pessoa que entra ou está em asfixia são: lividez, dilatação das pupilas, respiração ruidosa e tosse, cianose na face e extremidades (apresenta uma tonalidade azulada na face).
(Imagem da dilatação das pupilas e cianose na face)

 

CRIANÇA PEQUENA
     Abra-lhe a boca e tente extrair o corpo estranho, se este ainda estiver visível com o dedo indicador ou um gancho (cuidado para não empurrar o objecto).
Coloque a criança de cabeça para baixo. Sacuda-a e bata-lhe a meio das costas, entre as omoplatas com as mãos abertas.

 

JOVEM  E  ADULTO
     Coloque-se por detrás da vítima e passe-lhe o braço á volta da cintura. Feche o punho e coloque-lhe logo a cima do umbigo. Cubra o punho com a outra mão, e carregue para dentro e para cima. Repita a operação as vezes que forem necessárias, até a vítima deitar para fora o corpo estranho. Se a respiração não se estabelecer e a vítima continuar roxa (cianosada) faça reanimação/respiração artificial.

                   Logo que a vítima recupere a respiração levá-la ao Hospital.

O que não se deve fazer:
Abandonar a vítima para ir pedir auxílio.